[Junho/2016] Facebook Ads para Afiliados 1.0 – Meus Resultados: R$ 709,17

Tempo de leitura: 4 minutos

Esse vai ser o post de inauguração do meu novo blog e da minha nova fase. A fase em que finalmente, após muito estudo, tentativas, cursos e conversas, “peguei no tranco”. E o que quero dizer com isso? Quero dizer que Junho de 2016 foi o mês em que:

  • Pela primeira vez no ano tive uma reserva planejada e destinada às campanhas no Facebook;
  • Pela primeira vez fiz venda ( 🙂 ) e/ou tive boleto impresso (mas não necessariamente pago… 🙁 ) quase todo dia em que rodei campanha;
  • Pela primeira vez tive clareza de objetivos e tracei a meta de ser constante e persistente no meu trabalho com Marketing Digital.

Ainda me considero iniciante no Internet Marketing. Não do tipo que nunca fez vendas, porque minha primeira venda saiu lá por volta de março de 2014, quando entrei em contato pela primeira vez com esse novo mundo.

No entanto, não foquei nisso de forma ininterrupta, então posso dizer que venho desde lá fazendo algumas tentativas, estudando, mas com algumas longas pausas no meio.

Mas, como tudo tem limite, esse ano decidi que iria focar e persistir até alcançar e bater minhas metas, como nunca fiz antes.

Pra isso, fiz um apanhado de tudo que já havia visto até o momento, de todos os cursos que já havia comprado (e muitos nem estudei direito, confesso..) e defini qual das estratégias estava mais de acordo com as minhas expectativas e perfil. Escolhi o tráfego pago, Facebook Ads, mais especificamente.

Feito isso, fui atrás de um curso atualizado que falasse sobre o assunto e não custasse os olhos da cara. Encontrei o Facebook Ads para Afiliados, do Carlo Bettega (que infelizmente não está mais à venda). Comprei ainda no lançamento, exatamente no dia 08 de maio, por R$ 197,00. Lembro que era um domingo e passei a tarde assistindo os módulos que já estavam liberados.

Em maio ainda não tinha grana suficiente pra rodar uma campanha, então aproveitei pra ir pesquisando e definindo qual produto iria promover, imagens, copies, títulos, etc. No fim das contas, resolvi ir pelo caminho mais fácil e optei pelo Guia Método do Respeito, que é o mesmo produto que o próprio Carlo utiliza no curso (e o qual eu havia tentado vender em outubro de 2015, sem sucesso. Então, foi meio que uma questão de honra, afinal se ele conseguiu vender, também tenho que conseguir!).

Cheguei ao mês de junho mega animada, com tudo pronto, e coloquei minha campanha pra rodar. No dia 10/06 saiu a primeira venda do GMR, pra minha alegria!

No total, vendi R$ 221,80 do GMR apenas com anúncios no Facebook, e aplicando a técnica do curso. Como comentei no início, minha maior alegria, além de ter feito vendas, foi vê-las acontecendo de forma mais constante e recorrente.

A outra parte do saldo veio de um produto de fotografia que eu havia feito campanha por volta de fevereiro desse ano. Para o meu contentamento, o produtor resolveu fazer uma promoção no mês de junho, o que resultou em 2 vendas que totalizaram R$ 487,37. Essas surpresas que apenas o Marketing Digital e cookies eternos te trazem! 🙂

Sei que muitas pessoas tentam trabalhar com o Facebook Ads e se frustram, e se você é uma dessas pessoas, te digo que tem que continuar tentando sim, se essa é a estratégia com a qual você mais se identifica.

As únicas ressalvas que tenho para você são:

  1. Tenha uma reserva de dinheiro destinada para as campanhas e ferramentas necessárias;
  2. Não dependa do retorno desse dinheiro para o seu dia-a-dia. Você não tem como saber se vai acertar de primeira e se o seu ROI vai ficar positivo ou não!
  3. Algumas pessoas ficam temerosas e vem me perguntar se é “garantido” que o investimento em ads vai gerar vendas e se vai ter mesmo retorno. Gente, isso não tem como garantir, tem que colocar na cabeça, que você está aprendendo e portanto, é super normal (e bem comum), no início não ter resultados (vendas) ou ROI positivo. Por isso, conforme falei no item 2, não dependa do retorno desse investimento, pelo menos nos primeiros meses.

Fora isso, é estudo, persistência e teste, teste, teste…

Deixe seu comentário abaixo me dizendo o que achou desse artigo e se tem alguma sugestão ou dúvida. Vou adorar receber seu feedback.

E de resto, sucesso e bons negócios! 🙂

Priscila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *